quarta-feira, 10 de abril de 2013

Destino: Paris


     Se você conhece Paris ou não. Já foi ou ainda pretende ir. Vale a pena dedicar um pouco do seu tempo lendo dois livros bem interessantes:


MINHA DOCE PARIS
     A escritora, Amy Thomas, é nova-iorquina e desde os tempos da Faculdade, quando esteve em Paris, se apaixonou pela cidade. Gosta de dizer que tem duas paixões na vida: Paris e doces. Amy é tão fissurada por doces, que nesse tempo que passou em Paris, percorreu a cidade de bicicleta e mapeou as melhores chocolatiers. De volta à Manhattan, escreveu um artigo – Tour do Chocolate – para o New York Times, que ficou entre os dez mais lidos do ano. Amy acalentou o sonho secreto de voltar à Paris por muitos anos. A essa altura, já conhecia todos os dessert bars, confeitarias, padarias, gelaterias, salões de chá e chocolatiers de Nova York, e escrevia uma coluna para o jornal Metro, chamada “Sweet Freak” (Loucos por Doce). Além de ter um blog com o mesmo nome. Quando foi convidada para trabalhar como redatora publicitária da Louis Vitton, em Paris, por dois anos, fez as malas e se prometeu aproveitar cada minuto das horas livres para literalmente saborear a vida em Paris. Amy descreve as tradições, o talento, os hábitos de consumo e as preferências dos franceses em relação à comida e comenta a influência sobre os americanos e vice versa. Uma leitura deliciosa, que vai proporcionar um tour gastronômico inigualável e de quebra uma lista de endereços e indicações do que comer em cada lugar, tanto em Paris como em Nova York. Duas cidades que eu amo.


PRÓXIMA ESTAÇÃO PARIS
     O mapa do metrô de Paris representa muito mais do que um roteiro para o transporte de passageiros. É isso que descobrimos neste livro de Lorànt Deutsch. Cada estação, pela sua localização, pelo seu nome, descreve um trecho dos 21 séculos que fizeram a cidade. Da Île de La Cité, o berço de Paris, a Défense, o metrô é uma máquina do tempo. Durante o trajeto nos deparamos com personagens, cenários, cultura, tradições, eventos e situações políticas, revivendo fatos importantes da história de Paris e da França. Deutsch é ator e estudioso de Filosofia, sua narrativa é leve e bem-humorada, não permitindo que a leitura seja monótona, apesar do relato histórico.   



     Paris realmente é uma cidade deliciosa, como Amy Thomas descreve, e impregnada de história, como Lorànt Deutsch relata. Por isso, o que não faltam são livros e filmes, passados em Paris. Eu também contei uma história vivida em Paris por 7 amigas. 


     Só que a linguagem que utilizei não foi a escrita. Foi o scrap. Fiz um miniálbum dos melhores momentos da viagem para cada uma. Elas adoraram a lembrança e eu me diverti bastante à frente da linha de produção. Fazer 6 minis de uma só vez é uma linha de produção, sim. Apesar disso, procurei tornar cada álbum um mimo especial, escolhendo papéis diferenciados, embellishments, tudo bem personalizado.




 




Até breve, Paris!

2 comentários:

Nada Fubanga disse...

Paris é uma super inspiração para as scrappers que amam o vintage! O post ficou lindo Marcia! Quero sugerir um livro delicioso chamado a História Secreta de Paris!
bjkas
Paty

Ro Miqueletto disse...

Meu sonho é ir para Paris! Amei o post! Obrigada por compartilhar!
Beijocas!

Related Posts Plugin for WordPress, Blogger...